The Seer of The Future 01 | Visions in My Head

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

The Seer of The Future 01


Hoje me veio a mente um projeto interessante que desenvolvi com meu amigo Cello o Dragão Azul.
Organizamos em estágios a hierarquia dos dragões e por mais que os outros estágios tivessem uma profunda base de verdade e desafios, para este post de agora ele é fundamental. O 3˚ estágio: "Seer of The Future - De posse do conhecimento e no caminho da verdade podemos então visualizar o futuro e suas consequências"
Isso talvez pareça estranho, mas programei alguns posts para a data de meu aniversário, todo o dia 4 de outubro teremos a visão do passado ou do futuro hahaa sei lá o que vai aparecer nos próximos posts. Não sei o que vai acontecer no mundo durante esse tempo, mas deixarei aqui alguns pensamentos de uma pessoa simples buscando colocar para fora a criatividade (Sorrisos)
As emoções são sempre um ponto complexo quando chego aqui nesta folha em branco e busco dentro de minha mente exprimir o que realmente quero deixar gravado. O que realmente estou pensando agora é sobre o futuro, ele é incerto demais e por mais que as nossas ações no presente tenham impacto no nosso futuro e de outras pessoas, nunca temos a certeza de nada, então o que nos resta é continuar vivendo e valorizando aqueles que estão sempre próximos compartilhando suas visões de mundo, seu estilo de vida, suas escolhas, seus segredos e principalmente os erros. É com os erros que aprendemos e acertamos. Eu agradeço aos meus amigos, virtuais, reais e a minha família que sempre está próximo de mim e sei que um dia eles entenderão e me perdoarão pelos momentos que fiquei distante, me entretendo com os meus pensamentos e desculpa se errei muito e fui egoísta demais, aos meus amigos eu devo desculpas também pelos segredos que carrego e não desabafei a todos, infelizmente isso é necessário. O que colocarei aqui é apenas a constatação da verdade, o futuro é tão incerto que a própria humanidade criou expectativas nos deuses buscando controlar o futuro em busca de uma salvação mentirosa assim como todos os seres do mundo. A verdade é apenas uma. Todo ser humano é responsável por suas ações e as consequências do futuro são fruto das escolhas que fazemos no presente.
Não vou seguir neste post uma linha de pensamento nem regras psicológicas ou gramaticais porque estou cansado de regras. Vou colocar apenas os meus pensamentos, livres de todo o tipo de manipulação consciente e inconsciente proposto pelo conhecimento que acumulei durante estes anos.
Isso vai ser uma surpresa e um desafio pra mim também, poderei ver o que coloquei aqui e o que eu estava pensando sobre o futuro enquanto vou vivendo a minha vida. Isso pareceu aqueles discursos de pessoas revoltadas rsrs. Mas não, isso é o pensamento de uma pessoa simples, sem revolta, e consciente que é difícil ser ajustado em uma sociedade doente. Também não é um post de suicídio muito menos uma despedida. Eu chamo isso de clareza de espirito, um item tão difícil de obter, que elimina todos os medos, mas ao mesmo tempo nos coloca um venda sobre os olhos, nos tornando cegos.

Isso possibilita-me a ser sempre confiante de mim, essa clareza me dar a segurança necessária de que eu posso fazer qualquer coisa, da forma que eu bem entender, afinal eu vejo tudo claramente com o verdadeiro olho. E mesmo com essa faculdade eu me sinto incompleto, por que as vezes me parece um poder de fantasioso, mas enxergar a verdade não nos poupa de outras fraquezas, as vezes sou precipitado, quando eu deveria ser paciente, e as vezes paciente quando deveria ser altamente precipitado, sem falar que a clareza deixa aquela angustia de buscar o aprendizado, mas a própria clareza nos deixa incapaz de aprender alguma coisa. 
Isso não mata ninguém mas isso impossibilita da pessoa se tornar um homem completo de conhecimento, nos tornarmos sim um cavaleiro valente e alguns momentos até um palhaço. Mas a clareza que teve um alto custo nunca voltará a escuridão total e nunca mais sentirei medo. Viverei claramente como tudo deve ser e por mais que desejo algo, nunca poderei aprender. Mas talvez seja a hora de fazer a mesma coisa que fiz com o medo uma certa vez. É chegada a hora de desafiar a minha própria clareza, e aprender a usa-la apenas para ver, e medir cuidadosamente todos os meus caminhos e transformar tudo no verdadeiro poder. E a minha luta não será apenas um ponto de vista.  

0 comentários:

Open Panel