quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Seer of The Future 04



Mais uma vez venho aqui deixando um post programado para a data do meu aniversário. O que desejo com isso é que pensamentos pertinentes a mim não se percam com o tempo, devido as grandes informações e tarefas rotineiras eles estão em constantes mudanças ou apenas perdem o sentindo conforme os momentos que passamos. As vezes me perco pensando, observando e analisando questões complexas como a dedicação das pessoas em suas tarefas diárias, seus rituais diários, convenções sociais e doutrinas de algumas instituições sejam elas privadas, publicas ou religiosas. A concepção, conceito ou pensamento a ser criteriosamente questionado é a natureza das mudanças. Em relação as doutrinas, não importa o tipo que seja é um pacto de submissão e servidão. Embora algumas tenham o apelo sagrado, elas se rendem ao tempo e são todas provisórias, estão se adaptando as novas tecnologias, tendências sociais, revoluções de pensamento e aos rumos de uma nova era. Não faz muito tempo as coisas ou eram absurdas ou proibidas e hoje são aceitas como tendências do mundo moderno. Eu vejo isso como uma grande evolução para a humanidade que ficou a muito tempo perdida pelo obscurantismo dos pré conceitos, racismos, inconformismo e ideologias que aprisionaram as pessoas. Porem não irei mais adiante com essas reflexões, cada um deve ser como se sente melhor e respeitar as individualidades e liberdades de pensamentos e conduta de cada um. 

Retornando as naturezas das mudanças, posso perceber claramente como fui importante para muitas pessoas, é muito gratificante olhar no espelho de outras pessoas e perceber que ali, na formação dos pensamentos, na vida diária com seus trabalhos, na formação seja ela profissional ou intelectual tem um pouco de mim mesmo, eu sempre tive plena consciência do quanto posso influenciar de forma positiva na vida das pessoas, ajudando em suas rotinas, ensinando uma nova profissão, desconstruindo pensamentos retrógrados e algumas vezes possibilitando uma abertura de pensamento para outros estágios de consciência, eu fico feliz em ver que essas pessoas estão lutando, dedicando e construindo o seu próprio futuro. Eu passei como uma força transformadora por suas vidas, nem me atreveria a imaginar em que outros caminhos elas seguiriam caso eu não tivesse presente nesta vida auxiliando na evolução dos seres humanos. Eu sei que isso pode parecer um pouco estranho para vocês que estão lendo isso, mas assim como outros pensamentos complexos ou fantasias que escrevi apenas por escrever neste blog, nunca é fácil se expressar ou descrever os sentimentos de forma clara. Sei que é estranho mas são apenas observações e pensamentos comuns sobre os mais variados assuntos que norteiam o universo. 

Entretanto falar sobre mudanças, sobre vidas rotineiras, sobre revoluções de pensamento e não me colocar como também um objeto de observação ficaria sem sentido, meu aniversário não é algo especial, porem dia 4 de outubro é o dia que vocês encontrarão um post programado para essa data que escrevi um ou dois anos atrás. 
O que desejo pra mim e para todos aqueles que fazem parte de todas as vidas que participo ou que influencio de forma positiva são os meus pensamentos mais profundos de evolução, paz, felicidade e sucesso em todos os sentidos e que a grande energia transformadora de todo o universo possa continuar envolvendo e guiando os passos de todo mundo em direção a contemplação de seus sonhos, ambições, objetivos de vida, fantasias, aventuras e horizontes.



Psyche - Goodbye Horses (Immortality Mix)
You told me, I see you rise
But, it always falls
I see you come, I see you go
You say, "All things pass into the night"
And I say, "Oh no sir I must say you're wrong
I must disagree, oh no sir, I must say you're wrong"
Won't you listen to me
You told me, I've seen it all before
Been there, I've seen my hopes and dreams
A lying on the ground
I've seen the sky just begin to fall
And you say, "All things pass into the night"
And I say, "Oh no sir, I must say you're wrong
I must disagree, oh no sir, I must say you're wrong"
Won't you listen to me
Good-bye horses I'm flying over you
Good-bye horses I'm flying over you


Escolhi essa musica porque tem um sentido especial sobre transformações e sobre dar a volta por cima, Goodbye Horses é uma canção escrita por William Garvey e executada por Q Lazzarus, em uma filosofia oriental, "horses" ("cavalos", em inglês) são representantes simbólicos dos 5 sentidos - as coisas que nos mantém ligados ao plano físico/material de existência. Uma vez que se possa transcender as limitações desses sentidos e atingir um nível superior de consciência, você está deixando os "horses" para trás - "flying over them". A música, portanto, trata-se sobre alguém que foi tão afetado por uma perda ou por um colapso que decidiu desistir das coisas que o deixa ligado a esse mundo por emoção.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

O pacote completo




Por mais que a história se repita e em alguns momentos pareça ser aquele eterno Déjà vu. Chegará um momento onde a sequencia irá parar e todos os outros estados anteriores serão apenas passagens que foram necessárias para construir algo que vai alem de todos os sentidos, pensamentos e estados de consciência, notoriamente plausíveis. Confiar, acreditar, cobranças e insegurança já não serão mais nortes ou medos que desequilibram os sentidos… O único farol que ilumina o caminho nos guiará em direção a felicidade, ser feliz é o que importa em todos os momentos.

Os turbilhoes de informações que nos levaram por caminhos completamente distorcidos da realidade foi construído com ilusões, mentiras, medo, insegurança e previsões erradas sobre um futuro que não conseguimos prever. É natural que todo ser humano caia no abismo do engano e tome pensamentos negativos como verdades absolutas. Essas são as principais fraquezas de todos aqueles que acham que controlam ou manipulam o seu próprio destino.

Muitas vezes tentamos novamente, em algumas conversamos, mas o compasso nunca se ajustava e então você pensa o que faltava? Então vem a distância mascaras são vestidas para se auto enganar e enganar aqueles que estão próximos, sorrisos forçados, falsas felicidades, estados completamente diferentes daquilo que realmente estamos sentindo ou estamos passando, apenas transparências.
A saudade então aparece e vai tomando conta e achamos que dominaríamos aquele sentimento. Que até então estava adormecido? Dejavu? Fantasma do passado? Será que é possível mesmo entendimento sobre algo que parece ser de outras vidas como dizem as pessoas iludidas? Não existe explicação para isso, e aquela pessoa que até então achou que nunca amou se encontra em um labirinto completamente sem direção.
Que seja Déjà vu, que sejam todos os  medos e defeitos, que se possa acreditar, que seja ilusão, insegurança, ódio,confiança, raiva, amor, que sejam os pontos positivos e negativos como em uma equação de segundo grau, as estrelas no céu, o subconjunto de um universo interior, um toque, um suspiro, uma respiração ofegante, aquele olhar, o pacote completo sejamos felizes, sejamos stalkers . Não busque explicação para o que não é possível encontrar em local nenhum, seja dentro de você ou fora. Não dedique a debilidade do espírito em investigar sobre coisas tão sem sentido, pode ser que tenha algum sentido? Escolhas, será que é possível fazer escolhas? ninguém controla seu próprio destino nem pode saber do futuro quando fazem isso já estão se engando, Isso é mentira mas está incluso no pacote (Sorrisos). Ai pensamos com a musica, é hora de voltar pra casa? O coração é a moradia de onde nunca saiu., isso é a parte romântica ou mais racional diria que os pensamentos que não saíram da mente, deixo isso explicito para evitar ser mal interpretado, mas faz sentido isso?. Esqueça são apenas pensamento aleatórios, um momento de insanidade ou é equilíbrio... Sem explicação 


Seabound - Watching Over You
From the ice, the blinding white
A schooner's gliding through the night
Angry sea, we sail alone
At last I'm going home

I'm going home

Phantoms lured me off my course
Tried to kill the man I was
You sent a guiding light
Lead me to my lavish bride

To the crag that braves the tide
To the beacon in the night
I trust in you (and)
I'm watching over you
To the souls that crouch in fear
To the ghosts that disappear
I trust in you (and)
I'm watching over you

To the crag that braves the tide
To the beacon in the night
I trust in you (and)
I'm watching over you
To the souls that crouch in fear
Your ghosts will disappear
I trust in you (and)
I'm watching over you

Seasons change, this time for good
Be this message understood
You're the house I occupy
You're the only reason why

I'm still alive



domingo, 3 de setembro de 2017

The love never dies



Aprendemos que a vida tem muitas definições, inconscientemente participamos e criamos essas definições conforme a cultura que estamos, embora intangíveis e metafísicos alguns estados de consciência, as vezes são julgadas como verdades absolutas, essas verdades são perigosas porque nos dá a falsa ideia do total e não admite flexiona-las. O desejo de qualquer plenitude embora subjetiva não está condicionada a nossa vontade propriamente dita, ela está relativamente, comparativamente e decididamente ligada a ilusão.

Embora eu tenha poucas lembranças de como o meu atual estado mental foi condicionado ao estado que se encontra hoje, eu me julgo como uma pessoa perfeitamente equilibrada, isso se deu pelo aperfeiçoamento moral ao qual eu me submeti durante anos. Não foi necessário um guia, livro ou qualquer outro tipo de literatura divina para realizar esse aperfeiçoamento, o único objeto condicionante foi a observação de minhas paixões, desejos e caminhos que se originaram de escolhas. Não obtive sucesso em muitas delas, isso porque as pessoas que escolhi para estarem ao meu lado confiaram apenas até a metade do caminho para coisas aos quais eu mesmo me propus a liberta-las. O meu desejo em encontrar pessoas que compartilhem da mesma visão que a minha foi frustrante, elas não estão prontas para se propor ao aperfeiçoamento moral individual, instintivo e emblemático que está intrinsecamente relacionado aos meus comportamentos.

As vezes algumas lembranças são engraçadas, certa vez eu dei a opção de escolha a uma pessoa, ela deveria escolher entre deixar tudo e me acompanhar, ela não fez isso porque ela tem as prioridades dela, eu percebi que as prioridades de cada um são fundamentais , e que as minhas são secundárias, em outro momento eu jurei amor, jurei fidelidade mas o que recebi em troca foi a falta de amor e falta de fidelidade. É contraditório como tudo que busquei foi respondido justamente da forma a qual eu busquei. Uma pessoa comum iria dizer que confiei e acreditei em pessoas erradas, entretanto eu não vejo assim. Todos somos frequentemente testados e não existe pessoa certa ou errada. O que existe são expressões mal interpretadas, elas diriam que as circunstâncias e fatos as levaram a tomar tais atitudes, eu então me tornaria o objeto primordial do comportamento alheio. Em tese isso é verdade, somos o reflexo daquilo que temos mais medo, os nossos medos são moldados nas pessoas que estão ao nosso lado.

O domínio da consciência é intrigante e misteriosa, simples palavras ou atitudes não valem nada dentro de um furacão de ideias que freneticamente passam por nossa mente enquanto nos movemos, a profundidade de certas lembranças se colocam contra as novas informações, alinhar esses conceitos é o desafio para desconstruir pensamentos anteriores.

Uma dualidade é formada quando temos como objeto de observação o comportamento humano, percebemos que pessoas que não buscam o conhecimento dentro de si mesmo estão o tempo todo buscando, explorando, e tomando como verdade tudo que vem do exterior ou até mesmo do desconhecido como as divindades e objetos sagrados.


Elas são pessoas meramente influenciáveis, temos como exemplo a observação de pastores em igrejas, políticos em campanha, psicólogos em orientações e outros. Quando eles estão dispostos a comover as pessoas, elas próprias aceitam o fato sem nem ao menos indagar moralmente, intimamente ou proporcionalmente as causas, efeitos e argumentações das pessoas que estão lhe influenciando. Isso se deve porque as pessoas não refletiram e não aprenderam a construir conceitos morais internamente ou opiniões bem formadas em relação as causas e efeitos em outras pessoas, grupos ou sociedade, para essas pessoas a única coisa que resta é o orgulho e o egoísmo , pois acreditam que serão os únicos salvos, são levianos ao achar que os erros devem ser alheios a toda sociedade. As pessoas mudam de opinião frequentemente com base em discursos e oratórias de pessoas idôneas criadas exclusivamente com esse objetivo, conduzir as massas. Entretanto pessoas idôneas podem ser questionadas, porque elas são verdadeiras apenas para aqueles que aceitam ser controlados pela opinião alheia. Eu nunca me sentiria completamente confortável ao saber que não tenho opinião alguma ou que sou controlado ou influenciado por alguém.
Por fim, na minha intensa busca por algo que realmente vale a pena me encontro finalmente em frente ao espelho visualizando a unica pessoa que me entende de verdade. 



Quando eu tocá-la... sentindo sua pele
Quando eu tocá-la... profundamente
Eu quebrarei sua saliência em seu caminho para mim
Eu farei tudo o que você quiser ser
Quando eu tocá-la...
Você sabe que amará isto... você precisará disto...
Com certeza...
Eu estou desenhando suas linhas com minhas mãos
Eu estou provendo o sonho que nunca acaba
Eu não brinco de esconde-esconde... com você... querida
Quando eu tocá-la...
Dedos vorazes procurando por prazeres secretos
Vagando onde seu rio parece mais profundo
Você sabe que estou indo
Eu gosto da canção que você canta... para mim
Quando eu tocá-la...
Você sabe que irá...
E quando a tensão estiver descendo por sua pele
O amor nunca será como ela foi um dia
Quando eu tocá-la...


sábado, 8 de julho de 2017

Martial Celestial

Minhas duvidas parecem ter desaparecido, o que muitos chamam de insegurança, na verdade era apenas a sensação de ter perdido algo.

Perguntas, incertezas, dilemas e enigmas batem frequentemente o coração das pessoas, por mais que tenhamos controle em nossos destinos existe sempre um momento na vida de todo homem ou mulher que ela muda o centro de seu equilíbrio e resolve colocar seus sentimentos em outra pessoa, isso com um tempo lhe dá segurança, lhe traz confiança e você acredita piamente que as pessoas são honestas e nunca fariam nada pra deixar que o seu equilíbrio se perca. Sabemos que como humanos cometemos erros, fazemos julgamentos precipitados devido o calor do momento, mas para pessoas de bom senso e dotados de dignidade e caráter existe o perdão. Mas para que isso aconteça devemos primeiramente aceitar o nosso erro e aprender a pedir desculpas, desde que isso seja profundamente forte e não nos force a nos sacrificar. Um verdadeiro pedido de desculpas nos ajuda a livrarmos o peso que carregamos, nos ajuda a compreender nos mesmo e elimina tanta emoções que nos limitam em nosso caminho celestial.
Sonhar se tornou uma coisa comum para os que vivem distante e não conseguem se encontrar, perderam-se em seu caminho, e a agonia e o medo tomaram conta do espírito de duas pessoas que se amam. O poder de transformar os sonhos em realidade se tornou distante apenas para um enquanto o outro apenas observa a queda daquela que voava ao seu lado, ao mergulhar interrompendo sua subida e na esperança de resgatar o seu grande amor ele tenta segurar suas mãos que estão com as luvas que outrora lhe foi presenteado e que possuem o calor da chama celeste, embora seja um objeto a essência da luva foi gravada no espírito e uma luz divina se abre socorrendo a pessoa que estava sem forças.


sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Um tipo estranho de desapego



Muito tempo se passou para escrever aqui sobre mim, agora me deparo com velhas lembranças e novas etapas em minha vida. Recentemente me separei de uma mulher que buscava de todas as formas mandar em mim, felizmente eu não era capaz de seguir todas as suas ordens, ela fez questão de me dar desprezo, me rebaixava e sua empatia me transformava em um boneco que frequentemente fincavam-se agulhas ao seu bel prazer.

Quando dei conta de mim o meu orgulho espremeu o resto de coração que ainda havia dentro de mim, e me entreguei ao poder que rege o meu destino, com todas as palavras e conceitos me auto determinei a máxima que não me apego a nada neste mundo, justamente por não ter vontade de defender mais essa pessoa que eu tanto gostava. 




Com passos lentos eu me guiei para o caminho da liberdade, é uma viagem de retorno onde estou vitorioso depois de ter conhecido o inferno pessoal em um relacionamento mal sucedido. Meus pensamentos estão a procura de um novo farol, uma luz para guiar os meus pensamentos.




terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Tríade Cernunnos



Eu acredito que vocês que me acompanham por muito tempo, devem ter sentido a falta da postagem visions of future que sempre deixei programada para a da ta do meu aniversário, infelizmente devido a um erro de programação, ela não foi postada na data correta, então resolvi programar ela para o próximo ano.. Mas não passarei por aqui sem deixar um pouco de minhas experiências:

Um novo ser nasceu em meus pensamentos, eu diria um novo estado de espírito completamente diferente dos anteriores que eu havia notado em minha consciência, talvez devido ao obscurantismo de meus pensamentos na dualidade entre o dragão e a figura humana , agora estou vivendo uma triplicidade de ideias, conceitos, pensamentos e luta constante entre meu ser, o dragão e um novo eu divino, isso se iniciou desde o momento que me tornei o mestre Elemental, uma nova semente foi plantada e germinou recentemente. 

Eu percebi que as duvidas me levavam pra um lado estranho sobre essa triplicidade, por razões naturais que incubem o meu ser, apaguei as luzes e fiz algo inesperado, investiguei na escuridão do que se tratava e enxerguei algumas máximas. 

Eu enxerguei algo visceral, porem hoje, eu não ouso imaginar o que visualizei, muito menos desejo trazer para a superfície essa experiência, mesmo que passem alguns anos eu não farei isso. Durante esse estado de contemplação algo enorme e denso se aproximou de mim, eu reconheci pelo cheiro e pelo brilho vermelho de suas escamas, Era o dragão naquele momento eu me senti completo, apenas por sentir sua presença aterradora próximo. Algo em meu intimo despertava e me impulsionava a fazer perguntas a ele. Em meus pensamentos, eu o tinha como uma criatura, altamente inteligente e organizada que seguia um sistema bem peculiar em seus discursos e fazia de tudo para deixar claro o quando eu sou inútil. Em minhas memórias eu percebi o quanto isso fez parte de minha vida desde o primeiro momento em que o vi. Quando eu era criança eu o enxerguei em meus sonhos, mas tive tanto medo que o bloqueei em minha mente e fui me guiando sem reconhecer a influencia dele, acredito que a maioria das pessoas fazem isso quando criança, elas bloqueiam tudo o que acham horripilante e grotesco de suas vidas, elas buscam a zona de conforto e uma criatura como um dragão vermelho não se encaixaria em sua vida. O meu despertar para esses estados únicos, demandaram muita disciplina, quando digo isso não significa que fui um místico, religioso ou me engajei em uma busca frenética em busca disso. Eu simplesmente abrir os olhos.

Eu senti tanto medo quando percebi tudo que nos cerca, temi a ira de Deus, eu simplesmente entendi os motivos dele manter isso oculto aos olhos da humanidade.. Isso durou apenas por um tempo, até que finalmente fiquei mais calmo, enquanto meus pensamentos estavam preenchidos com um medo infantil, eu respirava vagarosamente buscando meu equilíbrio e até que meu corpo sentiu tudo aqui e desfaleceu em um sono profundo. Dormi e estranhamente não me lembro se tive algum sonho nesta noite.

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Adeptus Minor Dragon



É fundamental analisar a medida de conhecimento que se tem e quais são mais relevantes, de nada serve as coisas inúteis e a desinformação a qual somos submetidos todos os dias pela mídia. Essas desinformações mascaradas por mentiras e manipulações não nos ajudarão em nosso cominho para a contemplação da verdade. Sabemos que o conhecimento é algo digno de muita luta. Uma pessoa sensata parte em busca do saber como se estivesse encarando uma guerra ele leva consigo o medo , a destreza, o reconhecimento e sempre está atento. Ele sabe que é um erro e que não deveria escolher isso, mas mantém o foco.
Devemos buscar nossa felicidade em todas as coisas, devemos aprender a olhar cada coisa que passa em nossas vidas como fundamentais para o nosso sucesso. Não devemos estabelecer comparações muito menos indagar as diferenças, somos todos iguais e apenas um só. Algumas pessoas por capricho ou até mesmo egoísmo conseguem acreditar que podem viver em dois mundos, pobres tolos, não conseguem enxergar que o mundo é apenas um, uma única energia mental e um lugar único. Infelizmente apenas pessoas desequilibradas buscariam por sua própria vontade empreender em uma jornada em busca do conhecimento. Eles não entendem que as pessoas são escolhidas e direcionadas as vezes até contra sua própria vontade.
Geralmente não busco ver ou ter o entendimento para algumas coisas pois elas me parecem as mesmas o tempo todo, apenas em alguns casos elas sobrem mutações, isso acontece quando sinto a minha energia draconica fluindo por meu corpo, mas enfatizo isso não acontece sempre. Recentemente essa energia ficou adormecida, eu queria entender o porque, mas também não busquei ver os motivos concretos para isso, até que o resurgimento de algumas lembranças outrora deletadas de minha vida resolveu tomar forma e me mostrar a sua existência.
Em uma noite de muitos devaneios eu busquei olhar as duas correntes de conhecimento que me cercam, a energia que envolver o mundo e mundo sobe influencia da energia. Um ponto vermelho me chamou atenção, a minha mente afirmava o tempo todo que ele estaria ali naquele ponto luminoso e vermelho. Eu chamei pelo seu nome e nada aconteceu... Tristeza é o que sinto por não ter conseguido naquele momento fazer contato com o meu Guia Draconico. Um turbilhão de hipóteses passava por minha mente, até a possibilidade dele ter me abandonado.
De forma subliminar eu estava cada vez mais angustiado, ensaiava lagrimas em meus olhos e o vazio parecia tomar conta de meu mundo. Você está com medo? Me perguntou o Dragão que surgia subitamente na escuridão de meus pensamentos . Naquele momento o meu mundo até então escuro e frio foi preenchido até o topo devido a imensa alegria de sentir o seu cheiro inebriante de enxofre e pedras pomes . Eu respondi muito empolgado. Eu estava me julgando por não consegui ouvir mais os seus conselhos e também por não sentir a sua presença. Ele pestanejou e continuou com o sermão:
Não se julgue e nem busque por entendimentos embaralhados, sobre as coisas, a qual não conseguirá ter um domínio místico, a razão é simples nem eu, nem você suportamos tanto tempo juntos e esperamos o momento certo para esse encontro.
Pensei comigo mesmo naquele momento e cai na real que seria uma perda de tempo tentar entender o mistério naquelas palavras, eu só queria aproveitar o Maximo possível aquele momento, ele estava completamente correto, os meus medos são ilusões e incompreensíveis, não valeria me desgastar ou perder meu tempo buscando uma explicação sobre aquele assunto. Embora eu estivesse muito curioso sobre ele, algo me incomodava inclusive no mundo a minha volta. Então o indaguei:
O que você está acontecendo no mundo e no universo agora? Porque tudo está em completa desordem?
Rugindo e com muito furor ele rebate, você está no caminho errado para questionar isso assim de forma tão direta a mim, a sua preocupação com sua integridade e sua auto-proteção estão lhe tornando fraco e incapaz de discernir os caminhos corretos para canalizar o dialogo comigo seu verme desprezível, você perdeu o equilíbrio entre o terror e a paz o mundo em sua volta não se alterou ele continua igual, você que alterou a forma como enxerga as coisas, essa dificuldade que você tanto tem em compreender o mundo é porque você foi seduzido a mudar a sua forma de vê-lo pelo próprio ambiente. De forma lenta e muito paciente, depois de um grande sermão, ele reajustou os meu pensamentos e estabeleceu uma nova estrutura de ideias. Eu aceitei tudo devido a confiança que sinto nele e por tudo o que ele me fez enxergar durante todos esses milênios de vida. Agora era hora de colocar as coisas nos devidos lugares e retornar ao ponto futuro de meus pensamentos. O verdadeiro poder que tenho é capacidade de notar energia que brota dentro dos corpos em minha volta a energia e a matéria são uma unidade singular viajando a milhares de quilômetros pelo universo em um asteroide chamado terra. E aprendi durante essa viajem que o mundo é feito de escolhas e quando o mundo nos desafia ou impõem sobe nossas escolhas, deixamos de ter energia e poder para mover todo o universo

Open Panel