sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Um tipo estranho de desapego


Muito tempo se passou para escrever aqui sobre mim, agora me deparo com velhas lembranças e novas etapas em minha vida. Recentemente me separei de uma mulher que buscava de todas as formas mandar em mim, felizmente eu não era capaz de seguir todas as suas ordens, ela fez questão de me dar desprezo, me rebaixava e sua empatia me transformava em um boneco que frequentemente fincavam-se agulhas ao seu bel prazer.

Quando dei conta de mim o meu orgulho espremeu o resto de coração que ainda havia dentro de mim, e me entreguei ao poder que rege o meu destino, com todas as palavras e conceitos me auto determinei a máxima que não me apego a nada neste mundo, justamente porque não ter vontade de defender mais essa pessoa que eu tanto gostava. 



Com passos lentos eu me guiei para o caminho da liberdade, é uma viagem de retorno onde estou vitorioso depois de ter conhecido o inferno pessoal em um relacionamento mal sucedido. Meus pensamentos estão a procura de um novo farol, uma luz para guiar os meus pensamentos.



terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Tríade Cernunnos



Eu acredito que vocês que me acompanham por muito tempo, devem ter sentido a falta da postagem visions of future que sempre deixei programada para a da ta do meu aniversário, infelizmente devido a um erro de programação, ela não foi postada na data correta, então resolvi programar ela para o próximo ano.. Mas não passarei por aqui sem deixar um pouco de minhas experiências:

Um novo ser nasceu em meus pensamentos, eu diria um novo estado de espírito completamente diferente dos anteriores que eu havia notado em minha consciência, talvez devido ao obscurantismo de meus pensamentos na dualidade entre o dragão e a figura humana , agora estou vivendo uma triplicidade de ideias, conceitos, pensamentos e luta constante entre meu ser, o dragão e um novo eu divino, isso se iniciou desde o momento que me tornei o mestre Elemental, uma nova semente foi plantada e germinou recentemente. 

Eu percebi que as duvidas me levavam pra um lado estranho sobre essa triplicidade, por razões naturais que incubem o meu ser, apaguei as luzes e fiz algo inesperado, investiguei na escuridão do que se tratava e enxerguei algumas máximas. 

Eu enxerguei algo visceral, porem hoje, eu não ouso imaginar o que visualizei, muito menos desejo trazer para a superfície essa experiência, mesmo que passem alguns anos eu não farei isso. Durante esse estado de contemplação algo enorme e denso se aproximou de mim, eu reconheci pelo cheiro e pelo brilho vermelho de suas escamas, Era o dragão naquele momento eu me senti completo, apenas por sentir sua presença aterradora próximo. Algo em meu intimo despertava e me impulsionava a fazer perguntas a ele. Em meus pensamentos, eu o tinha como uma criatura, altamente inteligente e organizada que seguia um sistema bem peculiar em seus discursos e fazia de tudo para deixar claro o quando eu sou inútil. Em minhas memórias eu percebi o quanto isso fez parte de minha vida desde o primeiro momento em que o vi. Quando eu era criança eu o enxerguei em meus sonhos, mas tive tanto medo que o bloqueei em minha mente e fui me guiando sem reconhecer a influencia dele, acredito que a maioria das pessoas fazem isso quando criança, elas bloqueiam tudo o que acham horripilante e grotesco de suas vidas, elas buscam a zona de conforto e uma criatura como um dragão vermelho não se encaixaria em sua vida. O meu despertar para esses estados únicos, demandaram muita disciplina, quando digo isso não significa que fui um místico, religioso ou me engajei em uma busca frenética em busca disso. Eu simplesmente abrir os olhos.

Eu senti tanto medo quando percebi tudo que nos cerca, temi a ira de Deus, eu simplesmente entendi os motivos dele manter isso oculto aos olhos da humanidade.. Isso durou apenas por um tempo, até que finalmente fiquei mais calmo, enquanto meus pensamentos estavam preenchidos com um medo infantil, eu respirava vagarosamente buscando meu equilíbrio e até que meu corpo sentiu tudo aqui e desfaleceu em um sono profundo. Dormi e estranhamente não me lembro se tive algum sonho nesta noite.

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Adeptus Minor Dragon



É fundamental analisar a medida de conhecimento que se tem e quais são mais relevantes, de nada serve as coisas inúteis e a desinformação a qual somos submetidos todos os dias pela mídia. Essas desinformações mascaradas por mentiras e manipulações não nos ajudarão em nosso cominho para a contemplação da verdade. Sabemos que o conhecimento é algo digno de muita luta. Uma pessoa sensata parte em busca do saber como se estivesse encarando uma guerra ele leva consigo o medo , a destreza, o reconhecimento e sempre está atento. Ele sabe que é um erro e que não deveria escolher isso, mas mantém o foco.
Devemos buscar nossa felicidade em todas as coisas, devemos aprender a olhar cada coisa que passa em nossas vidas como fundamentais para o nosso sucesso. Não devemos estabelecer comparações muito menos indagar as diferenças, somos todos iguais e apenas um só. Algumas pessoas por capricho ou até mesmo egoísmo conseguem acreditar que podem viver em dois mundos, pobres tolos, não conseguem enxergar que o mundo é apenas um, uma única energia mental e um lugar único. Infelizmente apenas pessoas desequilibradas buscariam por sua própria vontade empreender em uma jornada em busca do conhecimento. Eles não entendem que as pessoas são escolhidas e direcionadas as vezes até contra sua própria vontade.
Geralmente não busco ver ou ter o entendimento para algumas coisas pois elas me parecem as mesmas o tempo todo, apenas em alguns casos elas sobrem mutações, isso acontece quando sinto a minha energia draconica fluindo por meu corpo, mas enfatizo isso não acontece sempre. Recentemente essa energia ficou adormecida, eu queria entender o porque, mas também não busquei ver os motivos concretos para isso, até que o resurgimento de algumas lembranças outrora deletadas de minha vida resolveu tomar forma e me mostrar a sua existência.
Em uma noite de muitos devaneios eu busquei olhar as duas correntes de conhecimento que me cercam, a energia que envolver o mundo e mundo sobe influencia da energia. Um ponto vermelho me chamou atenção, a minha mente afirmava o tempo todo que ele estaria ali naquele ponto luminoso e vermelho. Eu chamei pelo seu nome e nada aconteceu... Tristeza é o que sinto por não ter conseguido naquele momento fazer contato com o meu Guia Draconico. Um turbilhão de hipóteses passava por minha mente, até a possibilidade dele ter me abandonado.
De forma subliminar eu estava cada vez mais angustiado, ensaiava lagrimas em meus olhos e o vazio parecia tomar conta de meu mundo. Você está com medo? Me perguntou o Dragão que surgia subitamente na escuridão de meus pensamentos . Naquele momento o meu mundo até então escuro e frio foi preenchido até o topo devido a imensa alegria de sentir o seu cheiro inebriante de enxofre e pedras pomes . Eu respondi muito empolgado. Eu estava me julgando por não consegui ouvir mais os seus conselhos e também por não sentir a sua presença. Ele pestanejou e continuou com o sermão:
Não se julgue e nem busque por entendimentos embaralhados, sobre as coisas, a qual não conseguirá ter um domínio místico, a razão é simples nem eu, nem você suportamos tanto tempo juntos e esperamos o momento certo para esse encontro.
Pensei comigo mesmo naquele momento e cai na real que seria uma perda de tempo tentar entender o mistério naquelas palavras, eu só queria aproveitar o Maximo possível aquele momento, ele estava completamente correto, os meus medos são ilusões e incompreensíveis, não valeria me desgastar ou perder meu tempo buscando uma explicação sobre aquele assunto. Embora eu estivesse muito curioso sobre ele, algo me incomodava inclusive no mundo a minha volta. Então o indaguei:
O que você está acontecendo no mundo e no universo agora? Porque tudo está em completa desordem?
Rugindo e com muito furor ele rebate, você está no caminho errado para questionar isso assim de forma tão direta a mim, a sua preocupação com sua integridade e sua auto-proteção estão lhe tornando fraco e incapaz de discernir os caminhos corretos para canalizar o dialogo comigo seu verme desprezível, você perdeu o equilíbrio entre o terror e a paz o mundo em sua volta não se alterou ele continua igual, você que alterou a forma como enxerga as coisas, essa dificuldade que você tanto tem em compreender o mundo é porque você foi seduzido a mudar a sua forma de vê-lo pelo próprio ambiente. De forma lenta e muito paciente, depois de um grande sermão, ele reajustou os meu pensamentos e estabeleceu uma nova estrutura de ideias. Eu aceitei tudo devido a confiança que sinto nele e por tudo o que ele me fez enxergar durante todos esses milênios de vida. Agora era hora de colocar as coisas nos devidos lugares e retornar ao ponto futuro de meus pensamentos. O verdadeiro poder que tenho é capacidade de notar energia que brota dentro dos corpos em minha volta a energia e a matéria são uma unidade singular viajando a milhares de quilômetros pelo universo em um asteroide chamado terra. E aprendi durante essa viajem que o mundo é feito de escolhas e quando o mundo nos desafia ou impõem sobe nossas escolhas, deixamos de ter energia e poder para mover todo o universo

domingo, 3 de abril de 2016

Coração em chamas








Durante algumas semanas estava completamente possuído por pensamentos interessantes, mas agora sinto um leve desconforto, isso chegou ao ponto de me acordar no meio do sono e ter visões perturbadoras em relação as ilusões que tanto atormentaram-me durante séculos de vida, foi neste momento fragilizado, deprimido e sem nenhuma explicação ou duvidas para as enormes contradições em meus pensamentos, que ele reaparece, isso depois de algum tempo em silencio profundo. 


Olá meu caro companheiro a muito tempo não escuto o som de sua respiração e esse seu cheiro de enxofre e pedras pomes essas sensações de desconforto estão 10 vezes mais fortes, será que isso é devido a nossa falta de comunicação? 



Com ar sério e uma voz aterrorizante ele responde: Não estou aqui para discutir sobre a minha forma, eu estou aqui devido ao seu estado de desconforto e fragilidade. Já faz alguns anos luz que você havia se tornado o sol, mas em seu intimo algo distante de sua compreensão e devido a sua ligação humana com essa dimensão o manteve preso em pensamentos desnecessários. Agora estou aqui porque finalmente sinto que está perdendo a sua humanidade. Todas as suas paixões, amor, ódio, dor e sentimentalismo eram fraquezas que lhe consumiam em silêncio. Felizmente a degradação dimensional da sua realidade humana se iniciou desde o momento de seu nascimento, enquanto estava no ventre de sua mãe, eu lhe observava, aquela realidade dependente de outro ser era terrível você não se conformava e eu apenas esperava o momento certo de nos tornarmos apenas um. Com o seu nascimento você veio se superando, você lutava e desafiava a si mesmo em direção ao sol que brilha intensamente em seus pensamentos e hoje podemos conversar livremente sem nenhuma barreira que nos impede. 



Aquelas palavras me derrubaram completamente na cama, eu sentia minha energia cada vez mais fraca, parecia que realmente eu estava perdendo a minha humanidade e meu corpo já não respondia mais, eu parecia um morto, minha vida estava indo aos poucos e a minha ligação com o universo e o ser místico de minha forma humana estava indo embora ... 


Um conceito vago esse de perder a humanidade poderiam existir muitas formas, mas porque eu de imediato relacionei com a forma mística de meu ser humano universal? Assim que coloquei em questionamento as afirmações do dragão e relacionei com o estado fragilidade de meu corpo, busquei sentindo ou alguma explicação no exterior das duas dimensões. Ainda fragilizado e com a presença do dragão ali em meus pensamentos me arrisquei a sonhar, em estado de sono profundo pulei da cama só para observar o meu corpo como estava dormindo, desta vez eu sentia um frio congelante enquanto estava fora de meu corpo, não entendia porque o clima estava daquela forma, das outra vezes que pulei para forma de meu corpo eu sentia um calor imenso, mas desta vez estava frio... Uma luz brilhava intensamente na testa de meu corpo que estava na cama, enquanto ele dormia aquela luz na testa parecia me chamar de volta, me lembrava como um portão onde eu deveria me refugiar do frio. Caminhei vagarosamente e me coloquei ao lado da cama, já estava pronto para retornar ao meu corpo, porem bem distante, muito distante um choro chegava aos meus ouvidos, eu parei tentando identificar onde vinha aquele som. Caminhei mais um pouco para fora de minha casa e no horizonte sul percebi que aquele choro me era familiar, mesmo com frio ao familiarizar com aquele som senti que deveria ir até ele, porque algo dentro de mim estava começando a sentir um calor intenso vindo daquela direção.. Eu comecei correndo pela rua, aos poucos percebi que meus pés já não tocavam o chão e que eu corria pisando no ar e no nada, quanto mais me aproximava daquele choro, mais calor sentia dentro de mim. Enquanto corria e pisava no vento eu me perguntava o porque de está fazendo aquilo , porque parti sem ao menos me preocupar o que deveria ser aquele sinal? Porque aquela voz era tão familiar? Porque o meu estado de fraqueza estava desaparecendo? Tantas duvidas e apenas a certeza de que elas desapareceriam quando eu chegar no final daquela jornada. Quando o choro se tornou estridente e meu ouvidos já não suportavam mais fechei os olhos, eu estava no quarto de uma garota, ela estava dormindo, eu já não escutava mais o choro, olhei em volta e não tinha mais ninguém, mas dentro daquele quarto eu não sentia mais frio, o clima era neutro eu sentia que poderia viver para sempre ali, eu me aproximava lentamente de sua cama, mas senti que estava um pouco fragilizado devido a jornada que tive que passar para chegar até ali. Deitei-me por um momento para descansar, ela estava ao meu lado sua respiração era quente o cheiro de sua pele era tão suave que parecia uma flor, ela continuava dormindo e eu a olhando atentamente ali deitado ao lado dela, ela parecia está sonhando e então pude escutar a voz de seus sonhos, a voz dizia assim: Finalmente você está aqui meu amor, ficaremos para sempre aqui deitados um do lado do outro. Eu fiquei assustado e pulei imediatamente da cama, como ela sentiu a minha presença? Quando pulei da cama eu não estava mais no quarto, mas em um cemitério em frente a uma lápide com muitas pessoas chorando em sua volta, ao ver aquela cena todas as duvidas que eu tinha foram reveladas eu não me arriscava a chorar junto com aquelas pessoas. Foi então que senti o meu corpo em chamas eu estava sendo consumido pelo meu eu original. foi então que acordei e escutei logo de cara o dragão que dizia: 

Hoje você aprendeu uma lição valiosa ao sair de seu corpo, algumas situações não são fácies de se lidar, embora outras sejam facilmente controláveis. O que você sente agora? 

Eu já sabia exatamente sobre o ele estava falando, eu já não sentia mais o meu corpo fragilizado durante aquela viajem o tempo que fiquei distante de meu ser passou por uma enorme metamorfose, o corpo humano estava mais resistente e alguns órgãos foram refeitos, parecia que estava novo em folha. Mas a sensação de ter perdido uma pessoa importante para mim era iminente, aquela pessoa realmente me amava. Embora eu senti-se algo por ela e me fez prender um pouco minha atenção, eu já não me sentia mais dividido e meu estado único e completo estava finalmente intacto.



Tom Odell - Another Love

I wanna take you somewhere so you know I care

But it’s so cold and I don’t know where
I brought you daffodils in a pretty string
But they won’t flower like they did last spring

And I wanna kiss you, make you feel alright
I’m just so tired to share my nights
I wanna cry and I wannna love
But all my tears have been used up

On another love, another love
All my tears have been used up
On another love, another love
All my tears have been used up
On another love, another love
All my tears have been used up

And if somebody hurts you, I wanna fight
But my hands been broken, one too many times
So I’ll use my voice, I’ll be so fucking rude
Words they always win, but I know I’ll lose

And I’d sing a song, that’d be just ours
But I sang them all to another heart
And I wanna cry I wanna learn to love
But all my tears have been used up

On another love, another love
All my tears have been used up
On another love, another love
All my tears have been used up
On another love, another love
All my tears have been used up

I wanna sing a song, that’d be just ours
But I sang them all to another heart
And I wanna cry I wanna fall in love
But all my tears have been used up

On another love, another love
All my tears have been used up
On another love, another love
All my tears have been used up
On another love, another love
All my tears have been used up


terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Criaturas invisiveis



Estive analisando algumas situações onde me encontrei motivado a deixar as pessoas com os pés no chão e ao contrario disto, na maioria das vezes sinto falta de alguém para me alertar e me manter consciente que as vitórias nesta vida são passageiras. As únicas companhias que encontro em momentos assim são os seres que habitam no abismo de meus pensamentos. 
Será que as vezes eu consigo mentir para mim mesmo? Talvez sim e isso se tornou de alguma forma clara quando senti o egoísmo presente em meus amigos espirituais, eles se acham importante de alguma forma. Porem para mim, isso impossibilitou me de ter sentimentos, talvez porque eles nunca tiveram isso. Lembro – me claramente quando eles me aconselharam a remover todas as lembranças e imagens de algumas pessoas que tive um relacionamento amoroso. Hoje me sinto acariciando você em silêncio, ainda não consegui realizar um ultimo adeus, mesmo tomado por toda a escuridão de meu espírito. 

A sensação de perda está presente o tempo todo, as lembranças que ainda residem nela deixam-me preocupado, mesmo depois dela ter passado por um sentimento devastador e uma grande desilusão. Eu tenho conhecimento que todos os fatos que aconteceram em minha vida foram marcantes, e devido as minhas ações de esquecimento e intervenção na consciência aleia ao provocar o meu esquecimento, houve uma relação profunda em meu pensamento também, hoje por mais que eu me esforce infinitamente para lembrar algo, eu não consigo lembrar de nada, o máximo que consigo são visões distorcidas de alguns acontecimentos tenho a impressão que nada aconteceu.





The Invincible Spirit - anyway


Don’t know if leaving or stay
When dark emotions passing my way
There lies my heart on the ground
A secret novel never be found
when you pay alone, stay pround

Anyway to feel the fraud on the way to
It hurts and it passed all away
Some true real words would never be Said
I won’t fool you and swear not to blame
There would be nothing  and never the same
Any way anyway, anyway
All the fears i would throw them away
The things we loved Just count for a Day
Anyway, anyway
Anyway you far now
It hurts and it passed all away
Some true real words would never be Said
All the fears i would throw them away
The things we loved Just count for a Day
Anyway, Anyway
I won’t fool you and swear not to blame
There would be nothing  and never the same
Anyway, anyway
Is it true with you?
Is it save?
Is it true with you?
All we search we Will find in one place
But at the end you could win the race
Any way , anyway

Anyway you far now


quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Processando Desejos


Mais do que qualquer tipo de conceituação, as minhas palavras demonstram uma linha de pensamento empírico. Elas guiam o meu dragão interior, guiam-me a interagir com este mundo ou dimensão. Depois de um tempo, percebi que eu estava muito tempo preso em mim mesmo e que deveria olhar para o mundo a minha volta, eu percebi que eu teria que aprender sobre o mundo novamente. Muita coisa mudou talvez o limite para o meu conhecimento agora seja a minha própria natureza. Eu sempre tive medo sobre as visões que a minha mente me revelaram, talvez seja natural ter medo do conhecimento. Porem, mais terrível é saber que posso ser uma casca vazia e sem conteúdo algum. 

Às vezes eu sou atirado de ponta cabeça em um mundo totalmente deserto, sem nenhum tipo de vida em minha volta, e somente neste local é onde direciono a minha atenção para a verdade interior, ao investigar os pensamentos mais primitivos de meu ser em busca de resposta. O que encontro são motivações e desejos, em cada situação eu percebi que o desejo era algo surpreendente e que não bastava apenas ele para que as estrelas acompanhassem os meus pensamentos, era necessário estar canalizado com as energias do mundo e está consciente o suficiente para conhecer os seus limites energéticos. 

Eu já investiguei isso várias vezes e detalhei o Maximo que podia, deixei claro pra mim mesmo que a junção dos fatos estavam condicionadas ao desejo e a energia utilizada neste processo, isso apenas me demonstrou as configurações do real objetivo e inconscientemente a abertura de portais mentais para regiões (ou planetas) até então semelhante ao que estou. O mais surpreendente são os seres que habitam este mundos, é estranho como alguns deles são completamente indiferentes ou alheios a sua projeção no mundo deles, em nenhuma destas experiências me senti participante ou pude notar a partição deles nas cenas criadas por meus pensamentos. Em minhas pesquisas eu notei que se fazia necessário esquecer das pessoas e suas particularidades, o choque entre os mundos mentais de cada um, distorciam a realidade que eu criava para mim. Neste processo desenvolvi um exercício interessante para transformar alimentar o seu corpo com as energias do universo, compartilharei ele com vocês, apenas leiam atentamente meus caros leitores, tentarei ser o mais objetivo possível. 

Primeiramente o consciente. Você deve ter a certeza da realidade e saber que esse mundo é concreto, observe em sua volta tudo o que consegue ver, tocar, cheirar ou até mesmo sentir. Depois de estabelecer sua real posição neste mundo feche os olhos e tente imaginar o tempo, o vento, o vazio, esqueça o consciente e o que concreto, conecte-se com a energia que movimenta os seus pensamentos, viaje cada vez mais distante em direção a escuridão, não existe ponto de chegada porque somos um circulo no vazio, a escuridão é tudo o que podemos chamar de casa. Até.. que na mais distante profundidade de seus pensamentos você se dá conta que até a escuridão é energia ... Talvez nesta hora você consiga finalmente perceber que está morto e que até a realidade é uma projeção da mente... Espero que consigam contemplar a sua própria existência no universo.



Latromodem - Paraiso Paralelo 
Ela me deu a mão e eu fugi
Da sua fria mão de vento
Em algum lugar adormeci
E fui desfeito pelo tempo

Voar...vagar entre dois espaços
Gritar...com a certeza de não calar
Deitar...dormir e não acordar
Pra nunca mais sonhar

Meu corpo de areia e sal - espírito
Se afoga em desejos de alegria
Mas é tão breve o momento
E logo suas asas escondem o dia

Voar...vagar entre dois espaços
Gritar...com a certeza de não calar
Deitar...dormir e não acordar
Amar...pra nunca mais voltar
Voltar...sem medo de explicar
Por que...morremos tão jovens

"E de repente você tem a sensação
De que algo lhe foi tirado e agora está perdido
Sente-se carregado por garras invisíveis
Em qualquer lugar escuro
Do espaço profundo e vazio
Em queda livre sem paredes e sem direção

Você se desfaz..."

domingo, 4 de outubro de 2015

Seer of The Future 03

Esse é mais um post programado para a celebre data de meu aniversário, acredito que pensamentos projetados para uma data adiante possa finalmente me ajudar com a parte criativa de minha mente e estabelecer uma reflexão profunda sobre metas e desejos.. Mesmo que seja por um breve momento eu reconheço a minha dualidade e as vezes essa dualidade toma conta de meus pensamentos, como dito em outros publicações eu passei meses, horas e tive bastante disciplina investigando as experiências que tive durantes esses anos. Entretanto tudo ainda é tão turvo, nada é claro, são recordações sem sentido. Espero que o universo continue possibilitando o meu olhar frio para todos os julgamentos que faço sobre as ambições ou jogos mentais que certamente encontrarei pela minha frente.



Em uma destas lembranças eu estava completamente feliz com a idéia de me casar, houve uma cerimônia em uma igreja católica o nome dela era Ana, o meu terno eu havia ganhado de minha mãe, nesta época eu tinha apenas 18 anos, incrivelmente no momento que era para ser um dos mais felizes eu cheguei atrasado na igreja devido a demora de meus irmãos e primos ao se arrumarem. Ana Já estava impaciente, ela estava em um local próximo a igreja esperando que alguém avisa-se sobre a chega de seu príncipe no altar. 30 minutos depois eu cheguei ao altar e esperava pela entrada dela na igreja, eu estava sorrindo o tempo todo, eu estava sorrindo porque? Pelo fato de ter chegado minutos depois do programado ou por olhar nos olhos de Ana e sentir a fúria brotando de seus olhos? Assim eu a segurei pela mão e a primeira palavra que escutei dela foi; "Eu já estava me preparando para ir embora".  A frase veio acompanhada de um beliscão e aquele aperto de mãos demoradas e apertadas .(Essa fase eu superei) A recepção foi com um jantar especial para os familiares e amigos próximos, eu lembrei também da musica que cantei e toquei com um violão da banda que havíamos contratado para o jantar, foram momentos bons que anestesiaram meus sentimentos por um bom tempo, até depois de nossa separação que aconteceu dois anos depois destes acontecimentos. Não entrarei em detalhes sobre a separação porque reconheço o quanto eu sou frio e anti-sentimental quando os meus pensamentos, escolhas e caráter são colocados em xeque. Mas eu a amava e fiquei totalmente atordoado depois de nossa separação, me sentia horrível, e ninguém preencheria o lugar que sempre foi dela. 2 anos de completo isolamento e depressão se passaram depois disso, empresas, vida social, amigos, e metas de vida estavam mergulhados na escuridão, durantes dois anos no momento mais sofrido de minha vida obtive visões intelectuais sobre diversos assuntos, me inspirei nas recordações de minha vida para recriar a mim mesmo depois disso tudo, Um ser altamente preparado para todo tipo de situação, capaz de mover o universo e as estrelas apenas com seus pensamentos, capaz de absorver a escuridão e os pensamentos negativos de todo o mundo e torná-los diferentes, uma força altamente devastadora . 

“Tudo isso que você fala é um saco cheio de baboseiras” disse o dragão que despertou junto comigo da escuridão. 
Ele falou sobre meus sentimentos e eventos que se tornaram marcantes em minha vida e simplesmente falou que o tempo não deve ser encarado desta forma, esses pensamentos permanecerão ali para sempre porque não tem nenhum sentido mais com o novo ser que ele me ajudou a tornar me e talvez mesmo depois desta vida esses pensamentos continuarão. 
Me sentindo completamente envergonhado e derrotado, tentei justificar com meu guia sobre o quanto eu havia acreditado nela e naqueles momentos, mas ele continuava a me fazer sentir-me estúpido, enfatizava sobre a busca de seu mestre e dizia: “Ou você sente algo ou nada, Ou meu mestre percebe ou não percebe, tudo o que você faz coloca os seus sentimentos no centro de suas ações, livre-se de você mesmo e torne-se o universo e o deus de cada estrela que existe em seu corpo, os pensamentos memoráveis que estamos em busca, está no fundo mais profundo do mar, no lado negro do universo, tem aquele toque pessoal da escuridão. 
Entendendo perfeitamente sobre o que ele referia-se sobre a escuridão, mudei imediatamente meus pensamentos. Eu mais uma vez me surpreendi em como o meu estado de espírito se transformava cada vez que o dragão comunicava-se comigo estava sempre mal humorado, rabugento, estava sempre com razão e me questionava sempre com dúvidas mas na maioria das vezes ao suprimir os meus pensamentos sentimentais eu ficava calmo e com um novo ânimo.


How long have you been free
In this world of hate and greed?
Is it black or is it white?
Let's find another compromise


And our future's standing still
We're dancing in the spotlight
Where's the leader who leads me?
I'm still waiting! Leaving home...


And god is on your side
Dividing sparrows from the nightingales
Watching all the time
Dividing water from the burning fire... inside


Leave a light on in the night for me
That I can find you
Remember when we both where young
And reckless and so curious


Now you're hiding from your child
A new day's dawning
Remember that you felt alive... sometimes


And god is on your side
Dividing cruelty from tenderness
Watching all the time
Dividing fiction from reality


Move in circles, walk on lines
No human being in sight
Calm the winds and calm the seas
Try another kind of peace
Who fights this holy civil war?
A million men in uniform
Wo ist der Führer der mich führt?
Ich warte immer noch! Leaving home...


And god is on your side
Dividing presence from our1 history
Watching all the time
Dividing deaf men from the listening ones


Leave a light on in the night for me
That I can find you
Remember when we both where young
And reckless and so curious


Now you're hiding from your child
A new day's dawning
Remember that you felt alive... sometimes


And god is on your side
Dividing cruelty from tenderness
Watching all the time
Dividing fiction from reality


Move in circles, walk on lines
No human being in sight
Calm the winds and calm the seas
Try another kind of peace
Who fights this holy civil war?
A million men in uniform
Wo ist der Führer der mich führt?
Ich warte immer noch! Leaving home...


And god is on your side
Dividing presence from the history
Watching all the time
Dividing deaf men from the listening ones


Leave a light on in the night for me
That I can find you
Remember when we both where young
And reckless and so curious


Now you're hiding from your child
A new day's dawning
Remember that you felt alive... sometimes


And god is on your side
Dividing soldiers from the fishermen
Watching all the time
Dividing warships from the ferryboats...
Ferryboats


Open Panel